Mel
Interior do Baixo Guadiana

O mel é um produto local de referência, de raiz milenar, produzido artesanalmente e adaptado à modernização de materiais e processos. Durável e rico em minerais, é utilizado como adoçante natural há várias gerações, quando o açúcar era um bem acessível a poucos. A sua qualidade e sabor são incomparáveis e refletem a tipicidade da vegetação e do ecossistema, através do aroma a rosmaninho, flor de laranjeira, tomilho, flor de medronho e outras espécies florais características deste concelho.

É um alimento, geralmente encontrado em estado líquido viscoso e açucarado, que é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos nas suas colmeias para servir-lhes de alimento.

Nos últimos anos, com o aparecimento de novas técnicas, esta atividade sofreu uma grande expansão, marcada pelo aumento de colmeias e apicultores nesta região. Apesar desta expansão, a apicultura continua a ser essencialmente de cariz tradicional, com o uso das colmeias “caseiras”, cuja produção de mel se destina em parte para auto consumo.

 

OUTROS PRODUTOS ENDÓGENOS